Dúvidas Frequentes

ORIENTAÇÕES PARA NÃO FICAR COM DÚVIDAS SOBRE AS MUDANÇAS NA LEGISLAÇÃO DE VINAGRES


DÚVIDAS FREQUENTES:


1) Essa Instrução Normativa se aplica a todas as marcas de vinagres do Mercado ou somente a Castelo?

R: A Instrução Normativa nº 6 se aplica a todos os Vinagres Comercializados no Território Nacional.

Desta forma, todos os fabricantes e respectivas Marcas devem atender a nova Legislação que define os Padrões de Identidade e Qualidade dos Fermentados Acéticos.

 

2) Qual o motivo dessas mudanças?

R: Padronização dos produtos comercializados no território nacional, objetivando maior clareza aos consumidores dos produtos e suas composições.


3) Quando essas mudanças irão ocorrer?

R: A nova legislação foi publicada em 04 de Abril de 2012, com prazo de 180 dias para as adequações pelos fabricantes de Vinagres.

Assim, a partir de 05/10/2012 os produtos abrangidos deverão ser produzidos atendendo as exigências da nova legislação.


4) Quem criou o nome “COLORIDO” e de onde surgiu essa expressão?

R: A denominação “VINAGRE DE ÁLCOOL COLORIDO” foi estabelecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, onde a expressão “COLORIDO” está relacionada com a adição do Corante Caramelo adicionado ao Vinagre de Álcool.


5) Os vinagres mudaram somente as denominações ou também as formulações?

R: Praticamente as mudanças estão mais diretamente ligadas com as denominações dos produtos, apenas sendo estabelecidos limites mínimos de suco de limão adicionado ao Vinagre de Álcool Composto – Limão e limite máximo de corante caramelo adicionado ao Vinagre de Álcool Colorido.


6) Qual a diferença do VINAGRE COLORIDO para o VINAGRE CLARO E ESCURO?

R: Em relação ao Vinagre de Álcool Claro a diferença está na denominação do produto, pois a formulação e os ingredientes são os mesmos.

Em relação ao Vinagre de Álcool Escuro a diferença está na quantidade de corante caramelo adicionado ao Vinagre de Álcool.


7) Todos os concorrentes terão que seguir a mesma cor para o VINAGRE COLORIDO?

R: Foi estabelecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento limite máximo de cor para o produto.

Assim, poderá haver pequenas diferenças na intensidade de cor nos produtos presentes no mercado, ficando a critério de cada fabricante, desde que atenda o limite máximo estabelecido.


8) O prazo de validade do VINAGRE DE ÁLCOOL COLORIDO muda por ser um novo produto?

R: Não há alteração no prazo de validade do produto.


9) O código de barras do VINAGRE DE ÁLCOOL COLORIDO mudou?

R: Sim, devido à nova denominação exigida ao produto.


10) Essa Instrução Normativa vale somente para vinagres produzidos no Brasil ou também para marcas importadas?

R: A legislação é aplicável aos vinagres produzidos no território nacional. Produtos importados estão sujeitos a liberação do Ministério da Agricultura para comercialização no território nacional.


11) Por que não podemos mais utilizar a expressão “Clássico” nos Vinagres de Vinho Tinto e Vinho Branco?

R: Devido exigência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, devendo conter no painel principal do rótulo a Marca Comercial e a Denominação do produto, não sendo permitido nenhum adjetivo no superlativo como “Clássico, Gold, Premium”, dentre outros.


12) Ainda poderemos encontrar no mercado o Vinagre AGRIN?

R: Poderão ser encontrados no mercado os AGRINS que tenham sido produzidos até a data de 04/10/2012 até final do prazo de validade estipulado pelo fabricante.

Conforme exigência da nova legislação, os AGRINS não poderão mais ser produzidos no território nacional, assim como o Vinagre de Álcool Claro e Vinagre de Álcool Escuro.


13) O Vinagre de Álcool com Alho passa a ter a denominação Vinagre de Álcool Aromatizado Alho. Por que a expressão “aromatizado” se utilizamos óleo essencial de alho?

R: Devido o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento classificar o óleo essencial como um aroma natural, assim denominando o produto como aromatizado.


14) No Vinagre de Álcool Aromatizado Ervas Finas, por que temos a expressão “Aromatizado” se no processo de produção utilizamos as ervas por infusão e filtramos no final do processo?

R: Devido o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento classificar o processo de infusão como um processo de extração de um aroma natural, assim denominando o produto como aromatizado.


15) Por que o Vinagre de Álcool com Limão passa a ser denominado “VINAGRE DE ÁLCOOL COMPOSTO AROMATIZADO”, se na composição contém suco natural de limão?

R: Conforme a nova lei, os produtos que contiverem suco natural e aroma natural em sua composição deverão conter em sua denominação COMPOSTO AROMATIZADO, expressando assim os ingredientes presentes no produto.